Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Portugal Litoral

Dizem que Portugal é lindo, então decidi certificar isso eu mesmo. Não que eu precisasse ver para crer, mas precisava ver para sentir.

Portugal Litoral

Dizem que Portugal é lindo, então decidi certificar isso eu mesmo. Não que eu precisasse ver para crer, mas precisava ver para sentir.

Portimão - Albufeira | P16

P16-370.jpgPraia de São Rafael - Albufeira

Não seria a inconveniência do adolescente sem fones de ouvido a ver filme no telemóvel com volume altíssimo, sentado no banco a minha frente dentro do autocarro, que iria estragar o meu dia.  É óbvio que eu tinha planos de dormir  durante a viagem até Portimão, afinal saíra do trabalho diretamente para a rodoviária em Sete Rios (Lisboa) para apanhar o autocarro de 1h da madrugada, portanto precisava descansar um pouco antes de caminhar um dia inteiro, mas graças à falta de bom senso daquele jovem cidadão, não foi possível . Nem por isso o percurso de número 16, de Portimão à Albufeira, perdeu seu encanto.

P16-002.jpgFoz do Rio Arade - Praia da Angrinha - Ferragudo. Início a caminhada

 

Ainda estava escuro quando cheguei à Praia da Angrinha, em Ferragudo, a primeira do percurso, era por volta de 05:30 da manhã. Portanto, boa parte do caminho fi-lo apenas com a luz da lua que naquela noite era lua cheia, estava esplêndida. Eu a vi vagarosamente esconder-se atrás dos prédios em Portimão, na margem norte do rio Arade, e ao final do dia ela veio novamente encontrar-se comigo, ainda mais bela e exuberante que antes.

 

P16-373.jpgAtrás de mim o por do sol  (não visível na foto) dando ao céu e ao mar essas cores fantásticas. E a minhas frente a exuberante lua (que infelizmente a foto não faz justiça) imperando nesse cenário maravilhoso.

 

Apesar do espetáculo lunar, iniciar ou terminar uma caminhada durante a noite é sempre um pouco mais complicado e perigoso do que quando tem-se a luz do sol iluminando o caminho. Ao passar pela Praia do Torrado, logo no início do percurso, estava no alto da encosta e não encontrava o acesso à praia (mais tarde descobri que é feito pelo areal da Praia dos Caneiros), mas encontrei uma corda presa à arriba. Pendurei-me na corda  e desci alguns poucos metros a falésia talhada a pique, mas a escuridão não permitia-me descer toda ela em segurança e nem calcular se era possível subir de volta caso fosse preciso, então, muito contrariado, desisti de caminhar nas areias da Praia do Torrado e segui em frente. 

P16-016.jpgCorda de acesso pela arriba à Praia do Torrado 

E foi logo mais a frente, na altura da Praia do Mato, que o Sr. Sol veio, todo cheio de si, dar o seu espetáculo matinal, o dilúculo. Foi emocionante poder desfrutar do nascer do sol naquele cenário indefectível. Que majestosa apresentação! 

 

O Nascer do Sol

Não obstante às dificuldades, o dia foi mesmo perfeito e completo. Entre o pôr e o nascer da lua , entre o dilúculo e o crepúsculo , passei por 76 praias, algumas selvagens outras não, todas elas banhadas por um mar de águas diáfanas e tranquilas. Além das praias o percurso também foi composto por arribas esculpidas ao longo de séculos e à estenderem-se pela costa, promontórios escarpados com altura  de tirar o fôlego, grutas e algares em formações rochosas inacreditáveis, e todos os outros elementos que compõe o incomparável litoral algarvio que, sem dúvida, é um dos mais belos do mundo.

Segue todas as 360 fotos do percurso 16 | Portimão - Albufeira:

 

 

Dados técnicos

Percurso número 16
Data: quarta-feira 11/12/2019
Partida: Praia da Angrinha, Ferragudo - Lagoa às 05:38h
Chegada: Praia dos Pescadores, Albufeira às 18:21h
Distância: 42,170 km
Duração: 12h : 46min : 18seg
Passada média: 18:06 min/km  (a contar com as paradas)