Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Portugal Litoral

Dizem que Portugal é lindo, então decidi certificar isso eu mesmo. Não que eu precisasse ver para crer, mas precisava ver para sentir.

Portugal Litoral

Dizem que Portugal é lindo, então decidi certificar isso eu mesmo. Não que eu precisasse ver para crer, mas precisava ver para sentir.

Aljezur - Carrapateira | P11

DSC00227.jpg

 De pedra ser. Da pedra ter o duro desejo de durar….

( Donizete Galvão )

 

Ao longo de todos esses percursos que já fiz na Costa Portuguesa, sobretudo na Costa Vicentina, fui criando uma certa empatia pela rochas que encontrei no caminho, pois de uma forma ou de outra, partilhamos um mesmo desejo: o mar.

 

E pude, durante o percurso número 11 na costa entre Aljezur e Carrapateira, realizado no dia 16 de outubro de 2018, refletir e elaborar uma proposição pseudocientífica sobre essa paraneia:

 

Ao contrário do que dizem os estudiosos da área, de que é o mar, entre outros fatores, o principal responsável pela erosão costeira; afirmo inequivocamente, não através da ciência ou outra sapiência qualquer, de que são as próprias rochas, desejosas de serem do mar, de fazerem parte dele, submersas no infinito marítimo, livres da terra e dos limites que esta impõe, as únicas responsáveis. Pois o que vemos e sentimos ao trilharmos a Costa Vicentina, são as rochas, rochas vivas, à tentarem de todas as formas e formatos, num certo desespero milenar, arrojarem-se ao mar. E nesse frenesi eterno de eras, vão tomando formas diversas - grandes, pequenas, multiláteras, ovais, alcantiladas - e amontoando-se nas praias ou precipitando-se, inexoráveis, robustas, gigantes, de seus próprios cumes ao abismo marinho em suas bases, numa profusão desenfreada e lenta de rochas ao mar.    

 

Agora compreendo Drumond quando escreveu:

 

No meio do caminho tinha uma pedra, tinha uma pedra no meio do caminho…

 

Em outras palavras ele apenas quis dizer que tinha uma pedra a caminho da praia. Se Drumond tivesse vivido em Portugal, eu até poderia supor que encontrei-me com essa tal pedra em alguma das praias por que passei.

 

Galeria de Fotos (Utilize as setas para passar as fotos)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Dados Técnicos

  • Percurso 11: Aljezur - Carrapateira
  • Partida: 16/10/2018  06:55 am
  • Distância: 38.90 km
  • Tempo: 11h:42min
  • Passada média: 18:02 min/km
  • Elevação total: 1.195m